• Roland Hohberg

A Caixa Negra

Como Membro Fundador da Sociedade de Autores Moçambicanos, um estrangeiro patrocinou vários seminários, por exemplo o Seminário sobre o Código do Direito de Autor em 1998 em Maputo. Um ano antes na primeira votação das eleições, a lista de candidatos com o nome do estrangeiro obteve mais votos. Mas um camarada, que conhecia todas as leis moçambicanas melhor do que ninguém, disse que um estrangeiro não tinha o direito de ser eleito para o conselho desta agremiação. Foram marcadas semanas depois novas eleições - sem a candidatura do estrangeiro. Os camaradas satisfeitos com o cumprimento das leis, mais tarde tiravam o nome do estrangeiro na lista dos membros. Ele ficou fora da SOMAS para sempre, mesmo quando obteve a nacionalidade moçambicana.

Essa pequena história aparece no livro: "A Caixa Negra da Musica Moçambicana", lançado em Dezembro 2020.