• Roland Hohberg

Mozambique Recording

Já passa um quarto de século? Sério? I can't believe it.

Numa das fotos meu amigo Rogério Dinis (agora MC Roger) a mostrar orgulhosamente seu primeiro disco. Na outra foto algumas maquinas que importei da Alemanha. Os instrumentos comprei na África do Sul. Cuidado mulungo! Tem ser tudo bem legal! Se não, vai perder a autorização de trabalho e voltar para sua terra. Tudo era tão legal que eu tinha que pagar um adicional de 80 - 120% na alfândega, porque instrumentos estavam na lista de artigos de luxo. Muito equipamento depois foi roubado (uma parte está hoje num estúdio em Quelimane), mas as autoridades estavam menos interessadas nisso. Quase todas as manhãs inspectores de diversos ministérios vinham "visitar" o estúdio. Gostaram particularmente das gravações com Xidimingwana e Carlos e Zaida Chongo. "Xikona" bateu e "Sîbo" também, mas eles não compravam CDs, queriam os de oferta. Meu sócio, dono da editora Orion, depois fugiu do país. De um dia para outro. Os documentos administrativos da empresa não foram encontrados. Insolvência programada apesar do grande sucesso.